12 de agosto de 2015

Desafio : Foca no Foco

Imagem retirada do Google

Pois bem, difícil não é querer alguma coisa, difícil é saber o que se quer e ser perseverante no caminho para lá chegar.

Daniel Goleman define Foco como o Motor Oculto da Excelência. E é. 

Num mundo de oportunidades com tanto por onde escolher, estímulos a "torto e a direito", pessoas e coisas que nos chegam de todas as formas, via SMS, via chamada, via Facebook, via Instragam, via televisão, um dos maiores desafios é manter o Foco. Direccionar a nossa atenção para o "importante", desligando-nos quando necessário do "acessório".

Parece-me que nesta loucura desenfreada a que chamamos dia-a-dia, pecamos por falta de um direcionamento eficaz das nossas energias em prol da concretização dos nossos objectivos. 

Vejamos, às vezes temos fome, caminhamos em direcção à comida, encontramos uma pessoa conhecida, damos por nós à conversa, e "olha que se passou o tempo da hora de almoço, vou ali engolir algo à pressa". Ou então, no meio de uma tarefa que às vezes decidimos (ou decidiram por nós?) ser urgente, entre papeis remexidos, ficamos presos a ler um email da "Anabela, dos Recursos Humanos" sobre como fazer saladas em frascos.

FOCO. Não é só o masculino da palavra foca. Prestar atenção, estar verdadeiramente no Momento Presente, aplicar a nossa dedicação numa tarefa e conclui-la, definir objectivos concretos, realistas, determinados no tempo, organizar o nosso tempo, criar um plano de acção, comprometermos-nos activamente perante nós e os outros, meditar e não "medeitar", Coaching e não "couching" (uma letrinha muda tudo, não é?). Estes são apenas alguns passos que acredito serem uma mais valia nesta arte de estar mais atento à vida.

Ficam aqui dois vídeos para pensarmos sobre o assunto (focadamente, claro!)

                          Um fofo                           e                              Um do Génio das Emoções 


Sem comentários:

Enviar um comentário